O meu cérebro não percebe XII

by - junho 11, 2016

young-couple-sitting-on-bench-in-park

Ultimamente dei numa de birra adolescente.
Porquê? Porque no meio de uma discussão saudável onde eu digo o que penso e o meu pai não concorda (porque ao bater num cão ele vai aprender) ele vira-se para a minha mãe e diz algo do género: "Só ela é que sabe, deixa estar porque só ela é que sabe."
A partir desse momento deixei de ter qualquer tipo de conversa com o meu pai. Respondo ao que me pergunta, mas nunca dou a minha opinião.
Há uns dias, na conversa com a minha mãe sobre este assunto, soube que o meu pai lhe disse que se eu ando bem assim que ele também. A verdade é que agora sempre que precisa de alguma coisa (por exemplo, digitalizar o Cartão de Cidadão) vem em pézinhos de lã e com voz de cachorrinho abandonado pedir ajuda.
Tenho perfeita consciência que o meu pai faz tudo por mim e estou eternamente grata por isso, mas no meu cérebro, um pai deve incentivar os filhos a impor-se e a defender aquilo que acreditam até porque quando estou errada também o admito e peço desculpa se for necessário.

You May Also Like

0 comentários