Propositadamente, sim.

by - fevereiro 11, 2015


Na escola primária, uma criança partiu o dedo a outra criança (amiga da minha família). Propositadamente, sim.
E ainda teve a lata de dizer à pobre menina para não se atrever a fazer queixa porque iria fazer pior. Esteve a aula toda com dores até o professor reparar nela. Viu, claramente, que não estava bem.

Depois há pessoas más, claro que há; começam logo de pequenos. Isto assusta-me.

You May Also Like

16 comentários

  1. Que triste as crianças hoje em dia parecem as vezes piores que os adultos.. A educação em casa de certeza não é a melhor!!

    ResponderEliminar
  2. Pode ser da educação, ou falta dela, que têm em casa. É assim que se começa.

    ResponderEliminar
  3. É mesmo Zureta, até assusta, e as crianças podem ser muito cruéis, beijo amiga

    ResponderEliminar
  4. É isso que me assusta: como é que há crianças assim? Como é que os pais lhes transmitem esta educação/ valores? Credo!

    ResponderEliminar
  5. Existem crianças muito más, dizem que sao os pais que fazem os filhos, mas cá para mim algumas pessoas nascem assim, revoltadas com tudo e todos...

    ResponderEliminar
  6. Tive um colega que arrastou uma colega minha pela escola, apenas porque ela estava a rir-se.
    Ela teve de ficar duas semanas em casa e, mesmo assim, passou um bom tempo sem se poder sentar como deve ser por ter as costas todas arranhadas.
    No entanto, há que recordar que até a maldade vem de algum lugar.

    ResponderEliminar