Envelopes

by - janeiro 31, 2015


Será que a maneira como abrimos os envelopes tem alguma coisa a ver com a maneira que nos sentimos no momento ou até com a "relação" que temos com o remetente?
É que eu tenho envelopes com ou cimo todo rasgado ou todas direitinhas, até tenho algumas fechadas!

You May Also Like

22 comentários

  1. Eu acho que depende !
    r: Pois querida é muito facil , estrelam-se os ovos , fritam-se as batatas , grelhasse a linguiça ou a farinheira e mistura-se tudo .

    ResponderEliminar
  2. Eu, pessoalmente, abro os envelopes sempre com cuidado, de lado e nunca por cima.
    No entanto, concordo. A abertuda das cartas varia consoante o humor, que cá por casa as cartas com as contas nunca são abertas com carinho, mas sim de qualquer maneira.

    ResponderEliminar
  3. É capaz de haver uma relação. Pode nem ter a ver com a relação que se tem com o remetente, pode ter apenas a ver com o que sentes naquele momento em que recebes a carta. Podes estar num dia super stressado e sem paciência nenhuma abres o envelope às três pancadas xD

    ResponderEliminar
  4. É boa questão! Mas eu por norma tenho sempre cuidado a abri-las.
    R: Claro que levo, fazemos uma viagem com mais meia dúzia de bloggers e vamos todos tomar o pequeno almoço a um sitio fantástico ahah :)

    ResponderEliminar
  5. Não sei, só sei que quando recebo as cartas de quanto dinheiro tenho na conta é tudo a rasgar xD

    ResponderEliminar
  6. Hmm até pode haver esse tipo de relação :)

    ResponderEliminar
  7. Recebo poucas cartas e sempre de instituições (seguros, algum publicidade...). Por isso a minha reação é sempre idêntica: onde consigo pegar, puxo e rasgo. xD

    ResponderEliminar
  8. Eu penso que sim, se a carta é importante rasgo logo, senão abro direitinho, beijo Zureta

    ResponderEliminar
  9. Acho que tem alguma relação sim, faz sentido não é? Quando estamos ansiosos por saber alguma coisa abrimos às três pancadas nem nos damos ao trabalho de rasgar o envelope direitinho, (pelo menos eu), quando é de alguém em especial faço questão de o deixar intacto praticamente.
    Se é correspondência conhecida ou aquelas chatas do banco, nem as abro já!

    ResponderEliminar
  10. Por acaso nunca pensei nisso ! Mas a verdade é quando as cartas são de alguém especial eu abro com muito cuidado. Quando são as cartas da conta da luz ou do banco podes crer que rasgo logo o topo ahahaha

    beijinhos*
    Branca de Neve e os Sete Batons

    Página do Facebook do Blog

    ResponderEliminar
  11. Acho que deve ter algum tipo de relação... mas nunca tinha pensado nisso xb

    ResponderEliminar
  12. É uma boa pergunta. Raramente recebo uma carta, mas quando acontece abro-a com muito cuidado para não rasgar. :p

    ResponderEliminar
  13. R: ahah siim, eu não faço. :) No próximo post irei dizer a que decisão cheguei :)

    ResponderEliminar
  14. R: AInda não consegui ter o livro em mãos mas mas pelas imagens que vi apenas tens espaço em branco (ou com linhas) para escreveres o que quiseres sobre cada um dos temas.

    ResponderEliminar
  15. Nunca tinha pensado nisso mas até pode estar relacionado =P

    ResponderEliminar
  16. As tantas é mesmo isso.. As minhas normalmente ficam todas rasgadas só por não ter conseguido abrir direito antes. ;D.

    ResponderEliminar
  17. Eu rasgo quase sempre os envelopes, só recebo cartas do banco

    ResponderEliminar
  18. Eu acho que é pela vontade que tens de saber o que vem dentro da carta xD

    ResponderEliminar
  19. A mim depende do jeito. Algumas são abertas de forma perfeita, as outras ficam todas tortas.

    ResponderEliminar