28 de dezembro de 2014

Seja dia ou noite.



Com as coisas todas que eu oiço que têm acontecido, às vezes morro de medo por andar sozinha na rua. Eu que nunca tive medo de ir a lado nenhum sozinha. 

11 comentários:

  1. Uma pessoa acaba por ganhar medo. É só gente maluca!

    ResponderEliminar
  2. acredita compreendo bem o que sentes , em Coimbra estou a viver numa zona muito perigosa e tenho medo de andar sozinha :s

    ResponderEliminar
  3. Uma pessoa ouve de facto histórias muito assustadoras. E pior é que acho que isto tende a piorar (infelizmente!)

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente há anos que não sei o que é sair à rua, seja a que hora for, sem sentir medo. É triste e acima de tudo cansativo a nível psicológico, mas é a verdade. E cada vez estou pior pois cada vez se ouvem mais histórias de maldades.

    ResponderEliminar
  5. Já não é como antigamente. Quando era mais nova brincava até ao anoitecer na rua e não havia problema nenhum!

    ResponderEliminar
  6. tenho informações novas sobre o projeto "BLOG ON" , passa no meu blog ou no da AS* :)

    ResponderEliminar
  7. Olá, estou a tentar divulgar o meu blog. Não sei se esta é a maneira mais correta, visto que parece mais uma corrente, mas pronto. Espero que gostes e pelo menos o visites.
    http://half-dead-half-loved.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Podes crer. E cada vez que "perco" um pouco o medo, alguém me vem contar algo que lhes aconteceu "ainda ontem" e volto a ganhá-lo

    ResponderEliminar
  9. Espera até ganhares mais idade. Não é que se fique com mais medo mas vai-se percebendo que se entra dentro de um grupo diferente de risco. Antes é o grupo da juventude, mas os grupos adiante são mais vulneráveis a jovens que procuram "presas" fáceis (que não dão luta). Tudo é uma questão de sorte e de não estar na altura errada, no lugar errado, à hora pior!
    Bom 2015

    ResponderEliminar